17 notes
posted 3 days ago (by: filtrodosonhosw)

filtrodosonhosw:

DEMOROU MAS FOI.

Filtro dos Sonhos - Web Trailer.

21 notes
posted 3 days ago (by: filtrodosonhosw)
Capitulo 14 - Problemas com a raiva

filtrodosonhosw:

Acordo na segunda-feira com a sensação de que fui atropelada por um ônibus, mas minha mãe não acha essa desculpa boa o suficiente pra me deixar faltar aula.

- Bom dia, flor do dia. - Minha mãe diz pra mim quando desço as escadas.

Meu padrasto ta dormindo no sofá, e eu não sei o que resultou isso…

0 notes
posted 5 days ago
Anonymous said,
"Sabia que começa a escrever uma coisa tao fooda e n termina e mhita palhaçada ? Mas vc n liga n e ? Ja pensou em como os leitores focam ? N néh pq denovo vc n se importa"

KKKKKKKKKKKKKKKKK cara como vc quer q eu continue escrevendo sem a paloma? ah pelo amor de deus vai lavar uma louça para de encher meu saco nao tenho paciencia

NAO NAO ME IMPORTO COMO OS LEITORES FICAM PQ A PORRA DA MINHA AMIGA MORREU mas vc tb nao liga pra isso entao estamos quites agora vaza daqui

20 notes
posted 1 week ago (by: filtrodosonhosw)
Capitulo 13 - Sobre não se importar

filtrodosonhosw:

A mão do Dylan cai em cima da minha cintura e o toque dele me acorda. Levo uns cinco segundos pra lembrar onde eu to e o que aconteceu.

Eu e Dylan nos pegamos, ele foi buscar a água que eu não queria beber e eu apaguei na cama dele.

As novidades são que eu não lembrava de ter tirado a blusa e…

23 notes
posted 1 week ago (by: filtrodosonhosw)
Capitulo 12 - External and internal fight

filtrodosonhosw:

Provavelmente não teria feito isso se não estivesse bêbada, mas não posso dizer que foi uma decisão ruim. Quer dizer, Bárbara é magra e fraca, e já tava mais do que na hora de alguém calar a boca dessa menina, mesmo que a força.

Quando nós duas caímos no chão - Também não sou uma lutadora assim…

20 notes
posted 2 weeks ago (by: filtrodosonhosw)
Capitulo 11 - Dia das garotas

filtrodosonhosw:

Acordo bem mais cedo do que costumo acordar no sábado, o que significa que preciso mesmo de uma festa.

- Vou pra casa da Naomi. - Digo, pra minha mãe, enquanto desço as escadas.

Ela me olha com uma sobrancelha arqueada e eu reviro os olhos.

- Posso ir pra casa da Naomi?

- Claro, querida. -…

0 notes
posted 2 weeks ago
myworldandits said,
"Jan espalha ae pra geral que a minha web é fuckyeahsmalumontez,jfsdgfGFGAJHFSJFLGHIURYUERHGJGD."

AE PRA QUEM PEDIU huahau

18 notes
posted 2 weeks ago (by: filtrodosonhosw)
Capitulo 1 - Social

filtrodosonhosw:

Acordo com meu celular vibrando embaixo de mim, é o único jeito que consigo acordar, já que nem os berros que minha mãe e padrasto dão conseguem incomodar meu sono.

Tem alguém me ligando.

- Quê? - Atendo sem nem olhar o identificador.

- Será que dá pra você olhar pela janela? - É a voz…

0 notes
posted 2 weeks ago
Anonymous said,
"Essa Gabriela Cardiall escreve alguma web, Jan? Ela tem tumblr? Curti muito o extra *-* 5omos Jovens, meu amor, kkk <3"

o tumblr dela é esse http://myworldandits.tumblr.com/ mas nao sei se ela escreve alguma web hasdhskdj ficou legal ne? tb curti mt hauah awn <3

14 notes
posted 2 weeks ago

Feito por Gabriella Cardial.

(Daniel narrando)

Acordei sentindo uma forte dor de cabeça, tentei abrir os olhos e… Porra, foi a pior ideia que eu já tive na vida. Meu quarto tava claro por conta do sol, passei a mão no rosto e… eu tava sangrando?! Fui no espelho do banheiro, tava com corte bem pequeno que mal dava pra ver na boca e o olho roxo, mas não lembrava porque. Lavei o rosto e desci de boné na tentativa inútil de esconder o olho roxo.

Minha mãe tava na sala, eu tinha saído da republica á quase uma semana pra vir pra cá.

Mãe: Bom dia.

Eu: Aham.

Peguei uma caixa de cereal no armário e subi pro meu quarto pra comer, passei um tempo assistindo porra nenhuma até resolver arrumar as coisas no carro porque tinha que voltar. Me despedi da minha mãe e fui botar uma mochila no carro, quando vi ela, Tess, a minha vizinha gostosa. Antes enxergava ela como uma criança, mas ela é muito diferente de todas as outras meninas com que eu já fiquei. Ela tava quase do meu lado quando lembrei aonde tinha conseguido essa marca no meu olho, tinha brigado com o namoradinho bad boy dela na festa da Mirella, outra gostosa amiga da Tess.

Tess: Aí, desculpa por ter te deixado lá na festa ontem, é que a Mirella tira qualquer um do sério. - Ela não tava vendo meu rosto, o que era bom.

Eu: Ah, tá beleza. - Sorri.

Tess: Vai sair?

Eu: Vou voltar pra republica essa semana antes que pensem que eu morri. Mas vou voltar no próximo fim de semana pra você não morrer de saudades de mim. – Sorri de novo. Eu sabia que quando voltasse ela já teria voltado com o namorado dela.

Tess: Não se iluda.

Ela tirou o boné da minha cabeça e colocou nela, tava linda.Tenho certeza que ela viu meu olho roxo pela cara que fez.

Tess: Daniel! Teu olho tá… O que aconteceu?

Eu: Não foi nada. Eu caí. - Dei um sorriso pra convencer ela de que tava tudo bem.

Tess: Ah, tá, e eu nasci ontem. O que houve? - Ela não ia deixar passar.

Eu: O que você acha? - Arquei uma sobrancelha e ela soube a resposta.

Tess: Caio.

Eu: Você não ficou sabendo porque tava na frente da casa ontem, com as suas amigas e a briga meio que foi lá dentro.

Ela tava puta da vida, dava pra perceber pela cara dela.

Tess: Quem ele pensa que é?!

Eu: Relaxa, Tess.

Eu: Relaxa nada! Eu não saio batendo em todas as gurias que ele pega, então quem ele acha que é pra fazer isso contigo?! - Não sabia se ela tava com raiva dele ter brigado comigo ou do fato dela nunca ter brigado com as meninas que ele pegava.

Eu: Ele não me bateu, eu sei me defender.

Tess: Isso não importa.

Eu: Bom, eu tenho que ir. E não esquenta com isso.

Dei um beijo na bochecha dela, um sorriso e entrei no carro. Vi ela entrando em casa que nem louca, liguei o som e passei na casa do Lucas pra irmos pra republica.

Lucas: Que porra foi essa com a tua cara? - Tive que rir.

Eu: Briguei com o namorado da Tess em uma festa.

Lucas: Tess é a magrinha do olho azul? - Fiz que sim com a cabeça. -Porra tu ta gostando dela.

Eu: NÃO… Só que ela é diferente, ela é legal, sincera e gostosa. - Lembrei que tinha falado isso pra ela.

Lucas:É melhor tu se afastar dela por um tempo antes que acabe em merda.- Não respondi. - Ela viu a briga?

Eu: Não, ela tava do lado de fora da casa, só que agora de manhã ela viu meu olho e saiu pra tirar satisfação com o babaca do ex dela.

Ficamos calados até lá, que dizer, eu fiquei, porque o Lucas tava babando no banco. Cheguei e vi o André deitado no sofá com uma lata de cerveja na mão. Moramos nos três na republica e é uma puta zona.

André: Porra, pensei que tu tava morto, já tava ficando feliz.

Eu: Que nada, viado.

Joguei as coisas no chão e deitei na cama, fiquei lá até dormir. Acordei com o André me chutando.

Eu: Sai, porra.

André: Levanta viado, tu ta atrasado.

Levantei e fui tomar banho. Coloquei uma calça e uma regata porque tava calor, fui pra aula e dei de cara com a Marcella, uma morena peituda que eu peguei e que ta pensando que vai casar comigo.

Porra, que falta da Tess.

Marcella: Oi Dan.- Ela insiste em me botar apelido.

Eu: E aí.

Marcella: Vai sair hoje?

Eu: Vou, com a Bruna. - Claro que eu não ia sair com Bruna nenhuma, mas também não ia sair com ela.

Marcella: Ah ta.

Ela saiu e eu tentei prestar atenção na aula mas acabei saindo sala pra comer alguma coisa porque tava morrendo de fome.

Pedi um hambúrguer e lembrei do dia que eu fui com a Tess surfar e… Porra, eu to fodido, eu não posso gostar dessa menina.Terminei de comer e voltei pra sala,quando as aulas acabaram fui pra um bar perto da faculdade,acho que tem bar perto de todas as faculdades.

!: Oi.-Virei era a Juliana, minha ex.

Eu: E aí.

Juliana: Você sumiu.

Eu: Tava em casa.

Juliana: Moço, me dá uma. - Ela chamou o garçom e apontou pra minha cerveja.

Eu: Tu ta gostosa.

Juliana: Nunca deixei de ser. - Eu ainda gostava dela por mas que a gente tenha terminado, mas ainda gostava da Tess.

Eu: Tatuagem nova. - Apontei pra um coração perto do olho, a Juju toda vez aparece com uma tatuagem nova.

JUliana: Tava sem criatividade.- Sorriu.

Eu: To indo embora. - Joguei o dinheiro no balcão. - Tchau.

Juliana: Vou contigo.

Ela me seguiu e quando vi estávamos em cima da mesa da republica, tava beijando o pescoço dela enquanto ela abria minha calça. Baixei o short dela e quando começamos ela não parava de rebolar em cima de mim.

-

Deitamos ofegantes na cama.

Juliana: Tu é foda.

Eu: Eu sei.

Juliana: To indo embora.

Eu: Beleza.

Ela saiu com a bunda enorme dela desfilando, continuei deitado. Era engraçado o meu contado com a Juliana, porque mesmo a gente tendo terminado, continuávamos fazendo sexo sem problema nenhum.

Dormi e acordei com um barulho, era o som ligado. Fui andando só de cueca pela casa e dei de cara com uma puta festa.

André: Por que tu ta pelado?

Eu: E que porra é essa?

Lucas: Estamos dando uma festa.

Eu: Por que?

Lucas: Maconha, vodca e meninas. Qual parte que tu não entendeu? - Ri.

Fui botar uma bermuda. Sai do quarto, peguei uma garrafa de vodca e fui falar com uma loira com cara de metida.

Eu: Oi.

!: Oi.

Eu: Daniel.

!: Anna.

Ela me deu sorriso com cara de “quero dar pra você”, tava indo com  ela pro quarto quando alguém me puxou.

Eu: Ou.

Juliana: Vem.

Eu: Que foi?

Juliana: Nada, só quero sexo.- Olhei pra ela sem acreditar. -Tá, mentira, quem é a garota que você ta gostando?

Eu: Hã?

Juliana: Não mente, é essa loira com cara de fresca?

Eu: Não to gostando de ninguém e eu nem lembro o nome da loira. - Eu não lembrava mesmo o nome da loira.

Alguém passou por mim e me empurrou era a loira. Ela me deu dedo e foi embora.

Juliana: Quer saber, esquece. Não sei nem porque eu vim falar com você.- Ela saiu e beijou o primeiro cara que apareceu.

Peguei outro copo e comecei a dançar com uma guria qualquer. Acordei no sofá morrendo de dor de cabeça com uma menina de sutiã em cima de mim.

André: Como nos velhos tempos.- Sorri e voltei a dormir.

PS: Obrigada Gabriella, teu cap foi um dos motivos que me fez ter vontade de voltar a escrever e criar outra web. De verdade hauahu <3